Discografia

MY FAVORITE BOSSAS

“MY FAVORITE BOSSAS”, uma viagem por históricos temas da Bossa Nova, histórias que se transmutam no legado da música brasileira permeada de harmonias de samba e invenções melódicas de jazz. My Favorite Bossas é o álbum que reúne suas bossas favoritas, interpretada por músicos da nova geração e lendários músicos que viveram intensamente o movimento da música popular brasileira que surgiu no final dos anos 50. Com sonoridades de arranjos que passeiam por suas influências da música brasileira, latina e funk americano, no primeiro single AMAZONAS, composta por João Donato e Lysias Enio de Oliveira, conta com a participação dos músicos: Jônatas Sansão (bateria), Davi Sansão (piano), Nino Nascimento (Baixo), Marco Bosco (Percussão) e participação especial do renomado músico Filó Machado. Com produção de Dney Bitencourt e arranjos em parceria com os músicos Jonatas Sansão, Davi Sansão e Nino Nascimento.

Ficha Técnica:
AMAZONAS
[João Donato e Lysias Enio de Oliveira]
Guitarra: Dney Bitencourt
Baixo: Nino Nascimento
Piano: Davi Sansão
Bateria: Jonatas Sansão
Percussão: Marco Bosco
Participação Especial – Voz e Violão: Filo Machado
Produção de Dney Bitencourt e arranjos em parceria com os músicos Jonatas Sansão, Davi Sansão e Nino Nascimento.

 

 

Simplesmente Alma​

Em seu primeiro CD solo, “Simplesmente Alma”, o guitarrista, compositor e arranjador Dney Bitencourt mescla influências do jazz americano – Pat Metheny, George Benson – e da música instrumental brasileira – Baden Powell, Hermeto Pascoal – com talento e criatividade.

Com seu estilo marcante de tocar guitarra, Dney apresenta oito composições que incluem baladas, sambas e grooves, executadas com técnica apurada, improvisos emocionantes e muito suíngue. Em cada faixa, Dney traz aos nossos ouvidos referências do smooth jazz, jazz contemporâneo, fusion e música brasileira, criando uma música agradável e ao mesmo tempo desafiadora.

O álbum conta com participações de músicos importantes da cena jazzística paulistana, tais como os contrabaixistas Thiago Espírito Santo, Ney Neto e Nino Nascimento, os bateristas Dino Verdade, Jônatas Sansão e Douglas Las Casas, o percussionista Kadu Fernandes e os pianistas Bruno Alves, Davi Sansão e Daniel Pereira.

Este é o primeiro disco autoral do guitarrista, que também atua como diretor musical, educador e autor de uma metodologia utilizada em 36 escolas no Brasil.

 

 

 

Michele Wankenne e Quarteto Brisa

Em 2011 fez uma turnê internacional com Brisa Trio junto á cantora Michele Wankenne, Estados Unidos (Boston e Chicago), onde tocou em algumas casas de jazz e participou do New Hampshire Bass Fest, festival de Jazz e lecionou clinicas de musica brasileira.
Esse projeto resultou em um disco de Musica Brasileira que contou com a participação do pianista Bruno Alves.

 

 

 

DVD Brisa Trio & Celso Pixinga Quartet

Capa Brisa Trio
Gravado no auditório Mix Hall, da Escola de Música e Tecnologia (EMT) em São Paulo, esse DVD apresenta duas grandes bandas.

Durante sua mais recente visita ao Brasil, o guitarrista europeu Martin Schaberl reúne-se com o aclamado baixista brasileiro Ceso Pixinga e os músicos Giba Favery (bateria) e Tato Andreata (teclado).

O quadro apresentou standards de jazz com uma pitada contemporânea, além de composições próprias de Martin. O guitarrista, que vem de Graz, Austria, demonstra feeling, estilo e maturidade em suas composições e solos, e Celso Pixinga surpreende demonstrando extrema intimidade com a linguagem do jazz, além de desfilar improvisos venenosos, um showzaço.

O Brisa Trio, que abriu a noite, debuta com o lançamento desse DVD, apresentando sua proposta: misturar estilos, influências e ritmos. Misturando baião ao rock, jazz ao samba e salsa ao funk, os músicos Dney Bitencourt (guitarra), Ney Neto, (baixo) e Dino Verdade (bateria) mostram porque a banda tem sido considerada tão inovadora e recebido convites para apresentações em diversos festivais de música instrumental no Brasil, Estados Unidos e Europa.

 

Participação Especial

Trio Oficial
Cd de música instrumental brasileira com composições inéditas e diversificadas. O Trio Oficial, formado por Rosana Giosa (piano), Paulo Popó (baixo) e Dino Verdade (bateria), recebe nesse trabalho um convidado em cada uma das faixas. São eles; Vinicius Dorin (sax), Celso Marques (flauta), Thadeu Romano (acordeon), Rubinho Antunes (Flueguel), Dney Bitencourt (guitarra), Vitor Lopes (harmonica), Dado (sax) e finalizando uma canção com Filo Machado (voz e violão).

 

O DVD do lendário Grupo Detentos do Rap gravado em 2012, é sem sombra de dúvidas um dos melhores DVDs da historia do Rap Nacional, não só pela estrutura técnica e convidados ilustres, mas sim pela qualidade musical e a capacidade de inovar incorporando ritmos como Rock e MPB a músicas já consagradas.

Uma das convidadas encarregadas de trazer essa sonoridade diferenciada ao DVD foi a Cantora Yzalú, uma cantora que ficou conhecida por fazer releituras de rap dos anos 90. Yzalú mal pôde acreditar quando recebeu o convite, a responsabilidade é grande já que foi a única mulher a participar do DVD, sem contar que dividiu o palco com seus ídolos e veio acompanhada com sua banda, ( Dney Bitencourt – Guitarra, Gabriel Couto – Baixo e Wagner Ramos – Bateria ).

A música escolhida foi Campo de Guerra uma das mais famosas do grupo e preferidas da cantora. Veja como ficou esse lindo trabalho musical e visual que o Detentos do Rap liberou.

 

 

ORIGEM - PRESS RELEASE - SALLABERRY

Poucos são os artistas que investem seus esforços em carreira solo.
O caminho é cheio de percalços, principalmente se considerarmos a crise que o mercado fonográfico enfrenta há tempos.
Sallaberry, baterista, produtor musical e compositor, é um caso a parte. Em carreira solo desde 2005, quando lançou o álbum Sambasong & Friends, também iniciou uma série de parcerias com artistas do primeiro time, a exemplo de Billy Cobham, Dennis Chambers, Airto Moreira, Robertinho Silva e muitos outros.
Nem bem começa 2017 e Sallaberry lança o novo trabalho, ORIGEM, o sétimo álbum de sua carreira. Com co-produção de Guilherme Canaes, engenheiro tarimbado que tem em seu currículo trabalhos com George Benson, BB King, Milton Nascimento entre outros, Sallaberry traz doze composições gravadas com vinte e três convidados especiais, como Adriano Paternostro, Claudio Rocha, Dney Bitencourt, Deisy Araújo, Doug Felicio , Ed Côrtes, Fábio Valois, Fernando Moura, Flávio Medeiros, Fúlvio Oliveira, Guto Goffi, Itamar Collaço, Jorge Pescara, Luciano Magno, Mamoru Morishita, Marcelo Góis, Márcia Sallaberry, Marcus Cesar , Maurício Marques, Michel Freidenson, Paulo Soveral , Robertinho Silva e Sandro Haick.
Segundo Sallaberry, “mesmo residindo nos Estados Unidos, tive o privilégio de poder gravar com grandes músicos brasileiros, o que foi essencial para a textura de ORIGEM”.
Entre sambas, baiões, maracatu e bossa nova, ORIGEM traz quarenta e oito minutos de música instrumental de primeira qualidade, gravados entre janeiro e novembro de 2016, onde Sallaberry além de bateria também gravou percussão, voz e inclusive todos os instrumentos de uma escola de samba, registrados na faixa Brothers in Light (Sallaberry).

Os sambas New Samba (Flávio Medeiros/Sallaberry), Costa Norte (Michel Freidenson/ Sallaberry), Rio (Dney Bitencourt/ Deisy Araújo/Sallaberry) e Four Winds (Fernando Moura/ Sallaberry) são muito bem arranjados, com convidados gravando inclusive no Japão.
A faixa Ferve o Frevo (Sandro Haick/ Sallaberry) definitivamente esquenta o álbum, enquanto a belíssima bossa For Love (Fúlvio Oliveira/ Sallaberry) merece múltiplas audições seguidas.
Havana (Mauricio Marques/Sallaberry) mistura o melhor dos temperos cubanos e brasileiros e Hey Naná Rei (Sallaberry), homenagem a Naná Vasconcelos, faz um tributo a percussão no pulso do maracatu. O baião Dança da Chuva (Luciano Magno/ Fabio Valois/Sallaberry) esbanja suingue e bom gosto, enquanto Flórida Sunrise (Fúlvio Oliveira/ Sallaberry) e Barravento (Fúlvio Oliveira/Sallaberry) reúnem elementos da música pop com o tempero e suingue brasileiros.
A mixagem de Guilherme Canaes e a masterização de Cassio Centurion proporcionaram a leve e excelente sonoridade de ORIGEM, um álbum elegante, repleto de belas composições e diversidade rítmica.

Título: ORIGEM
Artista: Sallaberry
Lançamento: Janeiro/2017
Gravadora: Independente/Tum Tum Home Music
Distribuição: Tratore

 

 

PUTTING TOGETHER

Gravado entre 2009 e 2012, em estúdios situados em vários países pelo mundo, mas principalmente, no PRO STUDIO em São Paulo, diversos arquivos do album PUTTING TOGETHER foram perdidos ao longo dos anos.
Foi graças a genialidade do engenheiro CASSIO MARTIN, que conseguiu recuperar diversas sessões da pré-produção do album, reunir e mixar material encontrado em HDs antigos de backup, que o disco pôde ser concluído, materializando o sonho de Ney neto de conectar mundos. Em 2016, foram gravadas novas participações especiais, e finalizadas as mixagens.

MÚSICOS
Ale Demogli . Attilio Celona . Bruno Alves . Cassio Martin . Celso Pixinga . Dino Verdade . Dney Bitencourt Gabriel Grossi . Gê Cortes . Grant Stinnett . Gui Musselli . Gustavo Bassi . Helio Ishitani . Jeff Andrews . Jim Stinnet . Kadu Fernandes . Leo Gandelman . Lincoln Ducatti . Lis de Carvalho . Marcio Fortunado . Maria Sílvia Velludo . Marquinho da Luz . Martin Schaberl . Michael Manring . Mike Stern . Mike Tucker . Miqueas Santana . Newton Carneiro . Riccardo Ascani . Ronald Mello . Sandro Souza . Sergio Schreiber . Thiago Espirito Santo . Todd Johnson . Victor Henrique . Wagner Barbosa
* Mike Stern records exclusively for Heads Up International
Arranjos e direção musical: Ney Neto
Gravação, edição, recuperação, mixagem e master: Cássio Martin
Produção Executiva: Bruna Biason
Key-visual: Marco Ruivo